terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Combinados na sala de aula -reflexão

Postado por Ana Karina às 21:52
Sempre nos deparamos com relação aos combinados da sala de aula, ou seja o que pode ou não fazer .
Mas já perguntamos aos nossos alunos o que eles sabem sobre isso? O que realmente significa o pode e o que não pode fazer?
Que tipo de punições ele tem dentro de casa? E se essa é a melhor forma de educar. (bater, castigo, etc).
Para que os combinados sejam realmente significativos devemos colher sobre o que eles sabem sobre os combinados (pode, não pode) e a partir desses dados planejar.
Não é fácil não, porque para ter significado é um trabalho árduo. Não adianta colocar placas na sala se não for a realidade da criança.
Os nãos podem ser modificados.... podem ser refletidos e assim interiorizados.
Quando os combinados estiverem construídos, faça-os valer de verdade, use-o para todos, pois todos tiveram participação. (incluindo o professor)
Quando for necessário o uso dos combinados o professor tem que ficar atento para não prejudicar um em detrimento do outro. (dois pesos, duas medidas), pois o que não pode para um, não pode para o outro e isso na minha opinião é o um ponto delicado porque se em uma mesma situação o professor toma decisões diferentes a probabilidade de perder a confiança é muito grande com seus alunos e reconquistá-la é uma tarefa difícil.
Agora deixo algumas sugestões para que os combinados sejam significativos:
< seja claro no que vai combinar com seus alunos
< se você errou, peça desculpas
< é válido para o aluno, é válido para o professor
< quando falar com o aluno, fale olhando nos olhos
< seja firme nas palavras, pois quando os alunos não nos entendem eles tiram suas próprias conclusões
< Combinados são para serem modificados
< Reflita com seus alunos sempre sobre eles (decorar os combinados não é valido)
< Combinados não deve ser encarado apenas como punição. Combinem coisas boas para serem realizadas.
< troca de experiências entre os professores, coordenadores, direção.
< não desista na primeira, ou segunda ou terceira adversidade
Mas se tudo o que fez não deu certo. Pare, Observe, Reflita sobre todas as ações
Trace metas e busque outros caminhos que se tornem significativos.
E pergunte a si mesmo
“ Como meus alunos me vêem?”;
“ qual é a figura que passo aos meus alunos?”;
“ como domino a sala de aula”;
“ todos os alunos são iguais ?”;
“ escuto meus alunos?”
“ já busquei todos os caminhos para meus alunos?”

Tenho certeza que ao refletir sobre essas e outras questões mostrará que há muitos caminhos a percorrer.
E não devemos desistir nunca.
afinal de contas, somos professores

2 comentários:

Ivanise Meyer on 18 de fevereiro de 2009 17:41 disse...

Oi, Ana!
Gostei muito das reflexões que você nos proporcionou neste texto.
Obrigada pela postagem!
Beijinhos,
Ivanise :)

JUSSARA VILAZ disse...

OI ANA!
ADOREI SUA REFLEXÃO,SE TODOS AS PEDAGOGAS ORIENTASSEM DESTA MANEIRA COMO VOCÊ ESTÁ CITANDO NA REFLEXÃO,SERIA ÓTIMO.
VOCÊ ESTÁ DE PARABÉNS.
ABRAÇOS,
JUSSARA

Postar um comentário

 

Alfabetizar Brincando Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez