sábado, 8 de agosto de 2009

Projeto: Folclore

Postado por Ana Karina às 19:07
1- Apresentação
Esse projeto, visa trabalhar de forma significativa o folclore com as crianças de educação infantil.

2- Justificativa
O folclore brasileiro é um conjunto de mitos, lendas, usos e costumes transmitidos por suas histórias o conhecimento popular e encantam os que as escutam.
Para a Educação Infantil a oralidade é muito importante, pois com ela as as crianças irão conhecer um pouco mais de nossa cultura.

3- Desenvolvimento:
Eixos Norteadores da Educação Infantil:

3.1- Identidade e autonomia:
Qual a influencia dos mitos, lendas em nossa vida?
O medo em nossas vidas? (como trabalhar esse sentimento)
O que é imaginário?

3.2 - Movimento:
As danças acompanham as músicas em vários rituais folclóricos, sendo as principais danças folclóricas brasileiras samba, baião, frevo, xaxado, maracatu, tirana, catira, quadrilha.

3.3 – Música

Trabalhar a origem de músicas populares cujo autor foi esquecido ou pode ter sido criada espontaneamente pelo povo.
A música folclórica encontradas em brincadeiras infantis, cantos religiosos, ritos, danças e festas.
Alguns Exemplos:
Cantigas de roda, cirandas ou brincadeiras de roda são brincadeiras infantis, onde tipicamente as crianças formam uma roda de mãos dadas e cantam melodias folcloricas, podendo executar ou não coreografias acerca da letra da música. (Roda pião, Escravos de Jó, Rosa juvenil, Sapo Cururu, O cravo e a rosa e Atirei o pau no gato.)
Cantigas de ninar, canções de ninar, acalantos ou cantigas de embalar são canções que as pessoas entoam para fazer os bebês dormirem suavemente.

3.4 – Artes Visuais:
A – Apreciação visual: Bumba meu Boi, Guido Boletti




B – Fazer Artístico:

Artesanato – expressão através da arte com as mãos, da habilidade manual e criatividade, originando peças de barro, palha, tecido, couro, papel, fibras, areia e materiais diversos.
Sugestões:
Tinta da Terra (vídeo)


Argila - construção de personagens folclóricos, panelas (ver vídeo)


Brinquedos – simples e fáceis, individuais ou coletivos, alguns podem ser fabricados em casa. São usados para compor o imaginário infantil, são parte da expressão da infância e transmitidos, também, por gerações.
Sugestão: Pipa (papagaio)
Uma brincadeira muito antiga porém ainda apreciada pelas crianças é a pipa, embora tenha sido esquecida pela nova geração e trocada por brinquedos de alta tecnologia, várias crianças ainda brincam com a pipa. Empinar pipa além de ser uma brincadeira saudável também pode ser muito produtiva e barata pois você pode fazer sua pipa em casa, sem gastar muito, aprenda como se faz.
Para fazer uma pipa você vai precisar:
1 folha de papel de seda (pode ser também crepom, manteiga, espelho ou até mesmo jornal)
Cola branca
2 varetas de bambu
Linha 10 de algodão
Como fazer:
OBSERVE A FIGURA ABAIXO E AS INSTRUÇÕES QUE SEGUEM.


1) Dobre a folha de acordo com o desenho 1 da figura.
2) Corte o papel na linha onde você dobrou
3) Cole as duas partes resultantes da forma como mostra a figura 3
4) Pegue uma vareta de bambu, meça, corte-a se necessário e cole na vertical
5) Pegue uma vareta de bambu, meça, corte-a se necessário e cole na horizontal
6) Espere secar a cola e envergue o bambu horizontal com a linha e vire a pipa de lado.
7) Faça o cabresto da sua pipa com a linha utilizando como medida as laterais, em seguida vire a pipa novamente.




3.5- Linguagem Oral e Escrita:
As principais manifestações do folclore na linguagem popular são as seguintes:
Adivinhações: também chamados de adivinhas. Consistem em perguntas com conteúdo dúbio ou desafiador.
Parlenda: são palavras ordenadas de forma a ritmar, com ou sem rima.
Provérbios: ditos que contém ensinamentos.
"Dinheiro compra pão, mas não compra gratidão."
"A fome é o melhor tempero."
"Ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão."
"Pagar e morrer é a última coisa a fazer."
Quadrinhas: estrofes de quatro versos sobre o amor, um desafio ou saudação.
Piadas: Piada ou Anedota é uma história curta de final geralmente surpreendente e engraçado com o objetivo de causar risos ou gargalhadas (ou sensação de) no leitor ou ouvinte. É um tipo específico de humor que, apesar de diversos estilos, possui características que a diferenciam de outras formas de comédia.
Literatura de Cordel: livrinhos escritos em versos, no nordeste brasileiro, e pendurados num barbante (daí a origem de cordel), sobre assuntos que vão desde mitos sertanejos às situações social, política e econômica atuais.
Frases prontas: frases consagradas de poucas palavras com significado direto e claro.
Frases de pára-choque de caminhão: frases humorísticas ou religiosas que caminhoneiros pintam em seus pára-choques.
Trava-Língua: É um pequeno texto, rimado ou não, de pronunciação difícil. Podemos definir os trava línguas como frases folclóricas criadas pelo povo com objetivo lúdico (brincadeira). Apresentam-se como um desafio de pronúncia, ou seja, uma pessoa passa uma frase difícil para um outro individuo falar. Estas frases tornam-se difíceis, pois possuem muitas sílabas parecidas (exigem movimentos repetidos da língua) e devem ser faladas rapidamente. Estes trava línguas já fazem parte do folclore brasileiro, porém estão presentes mais nas regiões do interior brasileiro.


3.6- Natureza e Sociedade:
Pesquisas: O que é folclore?
Quais lendas, mitos e contos folclóricos do Brasil?
Apresentação sobre Matinta Perêra
A Matinta Pereira é uma ave de vida misteriosa e cujo assobio nunca se sabe de onde vem. Dizem que ela é o Saci Pererê em uma de suas formas. Também assume a forma de uma velha vestida de preto, com o rosto parcialmente coberto. Prefere sair nas noites escuras, sem lua. Quando vê alguma pessoa sozinha, ela dá um assobio ou grito estridente, cujo som lembra a palavra: "Matinta Perêra..."

Para os índios Tupinambás esta ave, era a mensageira das coisas do outro mundo, e que trazia notícias dos parentes mortos. Era chamada de Matintaperera.

Para se descobrir quem é a Matinta Pereira, a pessoa ao ouvir o seu grito ou assobio deve convidá-la para vir à sua casa pela manhã para tomar café. (sua integra http://sitededicas.uol.com.br/folk_matinta.htm)

Filme Matinta perêra: http://www.portacurtas.com.br

3.7- Matemática:

- Gráficos (pesquisa, medos semelhantes, cores das pipas)

Brincadeiras:

- situações problema e relações entre o concreto e abstrato
- amarelinha
- 5 marias
- bolas de gude


Dobraduras:
Cata vento (passo a passo http://www.acessa.com/infantil/arquivo/oficina/2003/08/08-catavento/)

4 - Avaliação do ensino e da aprendizagem
A avaliação deve se dar de forma sistemática e contínua ao longo de todo o processo de aprendizagem.

É aconselhável que se faça um levantamento inicial para obter as informações necessárias sobre o conhecimento prévio que as crianças possuem , o que querem aprender e o que aprenderam e no final o retorno que o professor dá para as crianças a respeito de suas conquistas e daquilo que já aprenderam.

5 - Sistematização:
Exposição dos trabalhos realizados para os pais e comunidade

Dê os devidos créditos a quem o realizou: Ana Karina Pierangelli

Fontes pesquisadas :
http://www.suapesquisa.com/folclorebrasileiro/folclore.htm
http://o2o2.vilabol.uol.com.br/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Folclore_brasileiro
http://www.supersitesdaweb.com/folclore_brasileiro.htm
http://www.soutomaior.eti.br/mario/paginas/diconario.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cantiga_de_roda
http://pt.wikipedia.org/wiki/Acalanto
http://tinterra.blogspot.com/
http://ecopratico.com.br/blog/?tag=tinta-natural
http://www.desvendar.com/diversaoearte/festasculturais/folclore.asp
http://www.blogers.com.br/como-fazer-uma-pipa/
http://o2o2.vilabol.uol.com.br/
http://sitededicas.uol.com.br/folk_matinta.htm
http://www.portacurtas.com.br
http://www.rosanevolpatto.trd.br/brincadeiras.htm
http://brincandocomdobraduras.blogspot.com/
http://www.acessa.com/infantil/arquivo/oficina/2003/08/08-catavento/
http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/volume3.pdf

8 comentários:

EternoAprendiz on 10 de agosto de 2009 01:16 disse...

Grande contribuição para nós!!
Passe no meu blog e pegue um selinho que estou repassando pra ti.
Beijos!!!

Anônimo disse...

Genial! pArabens

Anônimo disse...

Parabéns Professora pelo seu belíssimo trabalho!

Silvania on 20 de agosto de 2009 22:51 disse...

Parabéns professora pelo lindo projeto!!! Há muito queria aprender como se faz uma pipa!!! Obrigada!!!

Rita de Cássia disse...

Parabéns pelo trablho...
Aplausos para tada a vida.
Xeru

Anônimo disse...

Seu projeto foi de grande valia, para q o nosso projeto folclórico se concretizasse. PARABÉNS pelo belíssimo projeto. OBRIGADOOOOOOOOOOOO!!! Professora do ensino fundamental: Rosangela Marques - Macapá-AP

Anônimo disse...

parabens professora,um belo trabalho.esse projeto me ajudou muito. e, continui sempre assim com muita criatividade.

JUJU on 20 de agosto de 2011 20:03 disse...

adorei esse projeto professora é de muita criatividade.Valeu!

Postar um comentário

 

Alfabetizar Brincando Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez